Seguidores

sexta-feira, 29 de maio de 2009

ESPERANÇA

Era outono ainda
quando o inverno se fez...
o céu era cinzento,
o frio cruel,
e o vento gemia furioso...

Lá dentro,
um imenso sol despertava,
as cores renasciam
e um calor diferente aquecia...

Na verdade,
nascia uma primavera,
florida e perfumada,
dentro de mim...

Um comentário:

Clayton José de F. Mendonça disse...

LEgAl,,

Trago sementes de girassol, margarida e orquídea. Ainda não posso ter um jardim perto de mim, a primavera estará em suas mãos, aproveite o aroma das pétalas ocultas e perceba que sou apenas outro comentário,rsrs